All Tweets
Previous:
Next:
A hand holding a candle.

5.7 Qual é a diferença entre a Comunhão real e a Comunhão espiritual?

Vivendo os sacramentos

Há várias razões pelas quais, sem qualquer culpa da sua parte, você não pode assistir à Missa ou receber a comunhão. Doença, grande distância, fechamento de igrejas, falta de sacerdotes, decisões do bispo... Ainda assim, você pode sempre e em toda parte fazer uma comunhão espiritual: você expressa sua fé na presença de Jesus no Sacramento da Eucaristia, e seu desejo de recebê-lo em seu coração. Note-se que mesmo quando você assiste à Missa dominical, não tem nenhuma obrigação de receber a Comunhão propriamente dita.

Enquanto você não puder receber a comunhão, a comunhão espiritual sincera lhe dá as graças que você procura. É uma verdadeira partilha do corpo e do sangue de Jesus (imperfeita até que você possa receber novamente a Comunhão de fato). É como quando cantamos depois da consagração: "Proclamamos a tua morte, Senhor, e professamos a tua ressurreição, até que voltes" - só quando Jesus voltar  é que poderemos entrar na vida perfeita com Ele para sempre. Até lá, tentamos viver a nossa vida imperfeita da melhor maneira possível.

Enquanto você não puder comungar, a comunhão espiritual te dá as graças que você procura.